Escola de Música

A Escola de Música Gira Sol Azul promove actividades no âmbito da aprendizagem musical. Tem como objectivos motivar e proporcionar educação musical profissional e de qualidade e também formar músicos, garantindo para tal uma formação eclética que aborda estilos e correntes musicais diversificadas.


Curso Livre

A tabela abaixo é exemplificativa das disciplinas em curso livre que oferecemos, bem como os seus tempos por semana e respectivo valor mensal.

1 Experiência Grátis

Se desejar poderá experimentar uma aula sem qualquer compromisso. Se gostar, poderá inscrever-se e essa aula será incluída na mensalidade. Caso não se queira inscrever, não terá que pagar qualquer valor.


  Funcionamento Mensalidade Observações
Tatabitato [0-3 anos] 45 min/semana 10€/sessão 1.º sábado do mês, 10h30
Corpo do Som [3-5 anos] 50 min/semana 25€/mês Quartas-feiras, 17h15
Teoria Musical Prática [>10 anos] 50 min/semana 15€/mês ou 10€/mês* Quartas-feiras, 19h40
Harmonia e Improvisação 75 min/semana 25€/mês Terças-feiras. Para alunos com conhecimentos
musicais teóricos médios/avançados
Instrumento 30 min/semana 45€/mês Aulas Individuais, horário a definir com aluno.
Instrumento 60 min/semana 75€/mês Aulas Individuais, horário a definir com aluno.
Oficina de Guitarra 60 min/semana 25€/mês Terças e Quartas-feiras
Combo - Básico 75 min/semana 25€/mês Quartas-feiras, 16h15
Combo - Avançado 90 min/semana 30€/mês Terças-feiras
Orquestra Criativa 70 min/semana 20€/mês ou 15€/mês* Quartas-feiras, 18h15
Orquestra de Teclados 70 min/semana 20€/mês ou 15€/mês* Quartas-feiras, 14h30
Grupo de Percussão 70 min/semana 20€/mês ou 15€/mês* Quartas-feiras, 16h
Coro 90 min/semana 20€/mês ou 15€/mês* Terças-feiras, 20h30

*Para Alunos de Instrumento
Inscrição (1.º ano): 25€ (desconto de 50% durante o mês de Agosto)
Renovação de Matrícula (anual): 10€
Desconto de 10% nas mensalidades familiares directos (irmãos/pais) apenas em regime de curso livre.

↑ Voltar ao topo



Corpo Docente


Alberto Rodrigues (Piano, Combo e Orquestra de Teclados)

Iniciou os estudos em Piano no Conservatório de Música de S. José da Guarda, com Domenico Ricci e concluiu o curso de Educação Musical na Escola Superior de Educação da Guarda em 2004. Estudou com Joaquim Rodrigues (piano, harmonia e improvisação e combo), Mário Santos e João Martins (combo) e frequentou workshops com Luís Pipa, Bernardo Sassetti e Mário Laginha. Integra como saxofonista a “Tocata” e “Stopestra”. É pianista dos projectos: "João Bota"(com o qual gravou o álbum “Vícios”), "CCG", “Freedom”, “Moto Moto” e “Colectivo Gira Sol Azul”, com os quais se tem apresentado em diversos palcos do país. Lidera o projecto "Azul Espiga" cujo primeiro trabalho discográfico se encontra em preparação. Participa também regularmente noutros projectos como freelancer. É um dos fundadores da Gira Sol Azul, associação cultural na qual desenvolve projectos como "A Voz do Rock" e "Orquestra (In)fusão".



Ana Bento (Tatabitato, Corpo do Som, Orquestra Criativa, Orquestra de Teclados, Teoria Musical Prática) - anabento.com

iniciou os estudos musicais no conservatório de música de viseu. concluiu a licenciatura em educação musical em 2001 e frequentou uma pós-graduação em musicoterapia no c.i.m. de bilbao tendo paralelamente feito um percurso formativo na área da pedagogia musical com pierre van hawe, jos wuytack, edwin gordon, verena maschat, murray schafer, soili perkiö, entre outros. estudou saxofone com mário santos e joão martins, harmonia e combo luís lapa e joaquim rodrigues. integrou a orquestra juvenil do centro e, actualmente, integra os projectos “colectivo gira sol azul”, "moto moto", “cabeça de peixe” e “tranglomango”, colaborando também, pontualmente, noutros projectos musicais nomeadamente "dirty coal train". compôs e interpretou e dirigiu ao vivo a música de vários espectáculos. actualmente integra como co-criadora e intérprete os espectáculos "microfénix" (teatro mais pequeno do mundo) e "vissaium" (teatro viriato, viseu). colabora em projectos do serviço educativo da casa da música (porto) desde 2008. co-fundou a associação gira sol azul na qual desenvolve vários projectos musicais como concertos para bebés, "orquestra criativa", "orquestra (in)fusão" e "a voz do rock".



Bruno Pinto (Guitarra, Combo Básico, Oficina de Guitarra e Orquestra Criativa) - brunopinto.com

Nascido em Viseu em 30 de Julho de 1977. Cresceu em Vila Pouca, Castro Daire, uma aldeia perto da serra do Montemuro. Com oito anos inicia estudos de teclado numa escola local. Cerca dos 14 anos envolve-se em bandas rock, no liceu, enquanto guitarrista, líder de banda e compositor. Participa desde então no movimento rock local e nacional, gravando demo-tapes, maquetes e integrando compilações com outras bandas em várias editoras. Frequentou no Conservatório de Música de Viseu, as disciplinas de guitarra e formação musical, entre outras. Frequentou a disciplina de Formação Musical no Conservatório de Música de Aveiro. Concluíu a licenciatura em Educação Musical, em 2003. Efectuou um percurso formativo na área da pedagogia musical com Pierre van Hawe, Jos Wuytack, Edwin Gordon, Verena Maschat, Murray Schafer, entre outros. Iniciou os estudos musicais na área do jazz no workshop “Imajinazz”, em 2001, com André Fernandes (guitarra). Estudou Harmonia e Improvisação com Luís Lapa e Carlos Mendes. Integrou a Orquestra Juvenil do Centro e actualmente integra os projectos “Colectivo Gira Sol Azul” (jazz), “Cabeça de Peixe” (rock/experimental), o qual lidera, assumindo a composição e as letras, e “Tranglomango” (folk/rock), colaborando também pontualmente noutros projectos musicais. Interpretou ao vivo a música dos espectáculos “Gracinda, a linda”, de Helen Ainsworth, e "Raíz de Memória" (Magnólia Teatro). Compôs música para o espectáculo “A fábrica fechou” (TEM) e uma banda sonora interpretada ao vivo para o filme “Paris qui dort”. Actualmente participa como músico e compositor na Oficina 1os sons – "Pequenos Piratas" (Casa da Música) e, no âmbito de Guimarães Capital Europeia da Cultura 2012, integrou a Oficina "Hospital Play". Co-fundou a Associação Gira Sol Azul na qual participa na dinamização de actividades artísticas e culturais diversas.



Ricardo Augusto (Tatabitato, Corpo do Som, Acordeão, Canto e Orquestra Criativa)

Desde cedo participou em projectos de música tradicional. Concluiu o curso de Professor de Educação Musical em 2003. Estudou Técnica Vocal no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Aveiro. Frequentou o Curso de Animadores Musicais na Casa da Música (Porto). Frequentou Workshops de Jazz –Canto, sob a orientação de Fátima Serro, Manuel Linhares e Rita Maria. Estudou canto com Rita Maria. Encontra-se envolvido em projectos de música tradicional – Acordeão e Voz ("Tranglomango" – folk/rock - e "Azul Espiga" tradicional/jazz) e de música a capella ("Alla Vox"). É membro da “Tuna Académica Infantuna Cidade de Viseu". Orienta regularmente aulas e oficinas na Escola de Música Gira Sol Azul e noutros locais (Teatro Viriato, Casa da Música, Lugar Presente). É orientador de vários grupos de música tradicional. Participa na “Santar Jazz & Blues - Big Band” como cantor. Participou nos projectos: Orquestra (In)fusão (Viseu) e Stopestra (Porto). Dirige o Coro Azul. Partilha, com Ana Bento, a Direcção Musical do projecto “A Voz do Rock”.



Joaquim Rodrigues (Piano, Harmonia e Improvisação, Combo Avançado)

Iniciou os estudos musicais nos teclados aos 12 anos. Concluiu a licenciatura em Educação Musical em 2001. Estudou Harmonia e Improvisação com Luís Lapa. Prosseguiu os estudos em piano jazz com Paulo Gomes e Alexandre Manaia. Em 2012, completou a licenciatura em Piano Jazz na ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo) do Porto, onde estudou com Pedro Guedes, Carlos Azevedo, Nuno Ferreira, Abe Rabade, entre outros. Participou em diversos workshops na área do jazz, sob a orientação de Joaquim Roberto, João Paulo Esteves da Silva, Mário Laginha, Bernardo Sassetti, Leo Genovese, Jason Rebello e Danilo Perez. Integrou também a Lisbon Jazz Summer School, no Centro Cultural de Belém, e a Jazz Summer School, na Guildhall School of Music & Drama, em Londres. É membro dos projectos Bruce Brothers, Miguel Ângelo Quarteto, Tributal, Moto Moto, A Voz do Rock, Orquestra (in)fusão (co-compositor em parceria com Ana Bento e Alberto Rodrigues) e Colectivo Gira Sol Azul. Destaca-se a sua presença no Festival de Jazz de Matosinhos, Gaia Jazz, Festival de Jazz de Viseu, Festival de Jazz de Valado de Frades, Festival Porta Jazz, Festival de Paredes de Coura, Festa do Jazz do São Luiz, Casa da Música, Out jazz e Festival de Jazz do Vale de Sousa. Gravou os discos GS Quartet, Metamorfose (GIleno Santana) e Branco (Miguel Ângelo), com quem se tem apresentado em inúmeros palcos de Portugal e Espanha. Participa regularmente em projectos de outros músicos na área do Jazz, Soul e Pop Rock.



Miguel Rodrigues (Bateria)

Miguel Rodrigues iniciou os estudos musicais na Sociedade Filarmónica de Tibaldinho seguindo mais tarde para escola Gira Sol Azul onde estudou com Márito Marques e Acácio Salero. Em 2013, concluiu o Curso Profissional de Instrumentista Jazz, (nível IV), no Conservatório de Música da Jobra estudando neste âmbito com Marcos Cavaleiro, Mário Costa, Demian Cabaud, Paulo Perfeito, Jesus Santandreu, Voro Garcia, Abe Rabade, João Martins, André Fernandes, entre outros. Integrou o combo vencedor do concurso de escolas não superiores da 11.a Festa do Jazz do S. Luiz. Actualmente integra como baterista os projectos Joaquim Rodrigues trio, Colectivo Zarafat (de Leonardo Outeiro), Coletivo Gira Sol Azul, Moto Moto, Fanfarra Fárróbódó (grupo vencedor do concurso “Brass de Ferro” 2014), Tranglomango e Miguel Araújo.



Luísa Antunes (Violoncelo)
Susana Araújo (Violino)



↑ Voltar ao topo




Apresentações


Durante o ano lectivo, a Escola de Música Gira Sol Azul promove o contacto entre os alunos e a comunidade através da organização de Apresentações Públicas. Estes eventos reúnem no mesmo palco alunos de diferentes idades, de diferentes níveis de aprendizagem e os próprios professores da Escola, permitindo desenvolver um sentimento de grupo coeso e criativo que conduz a uma maior motivação individual. De salientar ainda, a importância que assumem estas apresentações no que toca ao contacto com a comunidade, pois desta forma os alunos têm a oportunidade de mostrar as aprendizagens adquiridas mas também são dois momentos que fomentam a participação da comunidade na vida da Escola Gira Sol e de uma forma geral no meio cultural.

Consulte os destaques na página principal para ver as próximas apresentações



↑ Voltar ao topo